Resenha Do Crime

?O crime que abalou o Brasil inteiro, ocorreu em 2 de março 1938 numa quarta-feira de cinzas, no centro de são Paulo.
Em um restaurante chinês, por volta das seis e quarenta e cinco, o lituanoPedro Adukas, cozinheiro do restaurante, como era de costume, chega ao trabalho para abrir o local, que se encontrava na rua Wenceslau Braz, próximo à Praça da Sé. Não era um dia qualquer para a cidade deSão Paulo: tratava-se de uma quarta-feira de cinzas, após três dias de carnaval. Ainda assim, Adukas continuou sua rotina, batendo palmas para que o portão fosse aberto. Ao ver que ninguém o atendeu,percebeu também que o cadeado não trancava o portão como de costume. Aos poucos levantou a pesada grade e entrou no imóvel. Lá se deparou com a cena do crime, no salão de refeições do restaurante,encontravam-se postados no chão, e ensanguentados, os corpos de dois funcionário Eram os corpos do lituano José Kulikevicius e do brasileiro de origem nordestina, Severino Lindolfo Rocha, os quais,também, eram empregados do restaurante, que costumavam dormir no refeitório, no topo de mesas transformadas em precárias camas.O funcionário ao continuar no seu caminho de observação no interior dorestaurante, encontrou mais um corpo, assassinado cruelmente. Era o corpo de seu patrão e proprietário do restaurante, o chinês Ho Fung. Nos fundos do imóvel estava o corpo de sua patroa a chinesa MariaAkiau, que faleceu estrangulada.
Ainda atordoado com a cena, Adukas saiu, passando pela Praça da Sé, “mal reparou na catedral ainda em construção”, e dirigiu-se até a Central de Polícia. Em poucosminutos os policiais chegaram à cena do crime e iniciaram as investigações. No local perceberam que quem efetuou o crime não teve tempo para abrir o cofre, embora tenha tido para efetuar uma refeição. Nocofre os policiais identificaram algumas cadernetas de anotações e balancetes, e pouco mais de vinte um conto de réis em dinheiro.
Havia também poucas testemunhas. De início, a polícia averiguou…