Ebola

?Ebola
A febre hemorrágica ébola ou ebola (FHE) é a doença humana provocada pelos vírus do ébola. Os sintomas têm início duas a três semanas após a infeção, e manifestam-se através de febre, dores musculares, dores de garganta e dores de cabeça. A estes sintomas sucedem-se náuseas, vómitos e diarreia, a par de insuficiência hepática e renal. Durante esta fase, algumas pessoas começam a terproblemas hemorrágicos.1
Sinais e sintomas
Os sinais e sintomas do ébola geralmente têm início de forma súbita ao longo de um estágio inicial semelhante à gripe e caracterizado porfadiga, febre, dor de cabeça e dores nas articulações, musculares e abdominais.4 5 Vómitos, diarreia e anorexia são também sintomas comuns. Entre os sintomas menos comuns estão a inflamação da garganta, dores nopeito, soluços, falta de ar e dificuldade em engolir.5Em cerca de metade dos casos os pacientes apresentam exantema maculopapular.6
O tempo médio entre o momento em que se contrai a infeção e a primeira manifestação de sintomas é de entre 8 a 10 dias, mas pode ocorrer entre 2 e 21 dias.5 Os primeiros sintomas de FHE podem ser semelhantes aos de malária, dengue ou outras doenças tropicais, antes da doençaprogredir para a fase hemorrágica.4
Fase hemorrágica
Todas as pessoas infetadas mostram sintomas do envolvimento do sistema circulatório, como coagulopatia.6 Durante a fase hemorrágica, as primeiras hemorragias internas ou subcutâneas podem-se manifestar através de olhos avermelhados ou pela presença de sangue no vómito.4 Em cerca de 40-50% dos casos verificam-se relatos de hemorragias nas pregas da pelee das mucosas; por exemplo, no sistema digestivo, nariz, vagina e gengivas.7 Entre os tipos de hemorragias associados à doença estão a presença de sangue no vómito, na tosse e nas fezes. As hemorragias intensas são raras e geralmente restritas ao sistema digestivo.6 8 Geralmente, a evolução para sintomas hemorrágicos é um indicador do agravamento do prognóstico e a perda de sangue pode provocar amorte.9
Causas
Ciclo de vida do vírus do ébola
A febre hemorrágica ébola é provocada por quatro das cinco espécies de vírus classificadas no género Ebolavirus, família Filoviridae, ordemMononegavirales. Estas quatro espécies são o ébola-Zaire, ébola-Sudão, ébola-Bundibugyo e o ébola-Costa do Marfim. O quinto vírus, a espécie Reston, não aparenta provocar a doença em seres humanos. Durante umsurto, as pessoas em maior risco são os profissionais de saúde e aqueles em contacto com os infetados.10
Transmissão
A forma de transmissão do vírus ainda não é completamente compreendida.11 Pensa-se que a FHE ocorra após o portador inicial humano ter contraído o vírus mediante contacto com os fluídos corporais de um animal infetado. A transmissão entre humanos pode ocorrer através de contacto diretocom o sangue ou fluídos corporais de uma pessoa ou animal infetados, incluindo o embalsamamento de cadáveres, ou por contacto com equipamento médico contaminado, particularmente agulhas e seringas.12 É provável que também ocorra transmissão através de exposição oral ou conjuntiva,13 tendo sido confirmada em outros primatas para além do ser humano.14 O potencial de infeções em grande escala por FHEé considerado baixo, uma vez que a doença só é transmitida por contacto direto com as secreções de indivíduos que mostrem sinais de infeção.12 A rápida manifestação dos sintomas faz com que seja relativamente fácil identificar indivíduos doentes e limita a capacidade de uma pessoa em transmitir a doença durante viagens. Uma vez que os mortos continuam a ser infeciosos, as autoridades de saúderemovem-nos de forma segura, apesar dos rituais fúnebres tradicionais.15
A doença não é transmitida por via aérea de forma natural.18 No entanto, pode ser transmitida através de gotículas inaláveis de 0,8–1,2 micrómetros produzidas em laboratório.19Devido a esta potencial via de transmissão, estes vírus são classificados como armas biológicas de categoria A.20 Recentemente, observou-se que o…